Segunda-feira, 10 de Setembro de 2007

6.ª feira - a mais longa viagem

Pernoitei em Almada. No dia seguinte, até Lisboa, tomamos o autocarro que faz a travessia da ponte e nos leva à Praça de Espanha. A partir dali um táxi coloca-nos rapidamente no terminal de partida. Saímos cedo da outra banda com receio que o trânsito na ponte já seja caótico às 8h00, mas o trajecto faz-se com fluidez e chegamos com muita antecedência ao check-in.

Lá, um funcionário da British Airways ajuda-nos a fazer o check-in electrónico para todos os voos que nos aguardam - Londres / Nova Dheli / Kathmandu. rapidamente temos os cartões de embarque nas mãos e só nos resta entregar a bagagem junto ao balcão. Somos ainda poucos, as assistentes acabaram de chegar e, talvez devido a uma noite mal dormida, têm algumas confusões a desfazer, mas a simpatia ultrapassa o esquecimento de qual a porta de embarque ou a quem pertencem os cartões.

O avião parte com quase meia-hora de atraso rumo a Heathrow / Londres. O lanche é mais variado e suculento do que a TAP nos habituou e nas muitas horas livres que nos esperam começamos as leituras e os jogos de palavras que os jornais e revistas nos proporcionam.

Em Londres, procede-se à transferência entre o terminal 1, de chegada, e o terminal 4, de partida. É um serpentear por entre andares, salas e baias, com deslocação em autocarro, até se chegar à porta de embarque. Ali nos espera um boeing 777 enorme com duas salas para a classe executiva que nos faz inveja e vontade de ganharmos rapidamente o euromilhões.

Por esta altura, já sabemos quais são os outros companheiros de viagem - num total de sete, quatro embarcaram em Lisboa connosco e mais tarde vamos conhecer o sétimo em Nova Dheli por ter viajado uma semana antes para a Índia, tendo feito um nini-tour.

Na Índia, os relógios marcam mais 4h30 que em Londres e Lisboa. Chegamos 7h30 depois de partirmos, é madrugada, sendo horas de deitar no nosso país, e, por tal razão, não dormimos. Como sempre, em longas viagens, houve tempo para tudo - ver um filme, ler uma revista, fazer jogos de palavras, de números, menos dormir.

 


publicado por margarida às 19:10
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Chegada a Lhasa

. Ainda da nossa entrada ad...

. População

. A caminho de Gyantse

. Shigatse

. 9 de Agosto, 5.ª feira

. E o fado também esteve no...

. da Doença da Altitude

. Campo Base do Evereste

. a mais de 5000 metros

.links

SAPO Blogs