Domingo, 28 de Outubro de 2007

passagem para o Tibete

A viagem de Khatmandu até à fronteira com o Tibete serpenteia quase sempre junto ao rio, no desfiladeiro entre altas montanhas verdejantes. Faz-se por estrada alcatroada, por vezes, tendo muitos troços com terreno completamente empedrado e outros que coincidem com a passagem das quedas de água para o rio, que provocaram um relativo pânico nalguns passageiros.

 

 
De quando em vez passamos por aldeias onde as lojas multicores alinhadas ao longo da estrada possuem os bens essenciais.

 

 


Percebe-se que não há água canalizada nem instalações sanitárias nas habitações, pois com muita regularidade se assiste ao banho da população no caminho junto a fontes.

 


Na fronteira, que tem de se passar a pé, são muitos os jovens que se oferecem para carregadores e por 100 rupias nepaleses (menos de 1 euro) nos transportam a mala até ao país vizinho, depois de passarmos por vários postos de controlo e de atravessarmos a ponte da amizade, a qual não nos é permitido fotografar.
Estamos a entrar no país onde a polícia e os militares se fazem ver.


publicado por margarida às 20:30
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De allaround a 1 de Novembro de 2007 às 08:03
Parabéns pelo blog e pela partilha.
Duas questões que vos queria colocar:
1- a vossa viagem já terminou ou ainda decorre? dá-me a sensação que estão a relatar uma viagem que já decorreu mas como ainda não li antentamente todos os posts talvez aí esteja a resposta e eu não me tenha apercebido
2- o que é que acharam do clima em Agosto? é aceitável?
Última nota - Quando descobri o vosso blog comentei-o com um amigo qualquer que me disse que conhecia alguém da Terceira que tinha feito uma viagem ao Nepal, agora já não me lembro com falei no assunto mas é provável que vos conhecesse. Vou falar no assunto a um amigo que esteve aí a trabalhar 3 anos...
1 abraço,
Mário


De mq a 1 de Novembro de 2007 às 22:03
a viagem já terminou, mas não tem sido fácil postar com a regularidade que queríamos. Compromissos profissionais obrigam-nos a fazê-lo só ao fim-de-semana.

O tempo em Agosto foi bom, principalmente no Tibete. Em Khatmandu, choveu, mas é mais quente e suporta-se bem.

Agosto parece ser a melhor altura para ir ao Tibete, pois está tudo muito florido e com muita água e a temperatura é amena, com excepção das zonas altas, mas aí invariavelmente será sempre muito fresco.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Chegada a Lhasa

. Ainda da nossa entrada ad...

. População

. A caminho de Gyantse

. Shigatse

. 9 de Agosto, 5.ª feira

. E o fado também esteve no...

. da Doença da Altitude

. Campo Base do Evereste

. a mais de 5000 metros

.arquivos

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.links

blogs SAPO